Resenha: Quando o Sol Voltar

Romance

Na era contemporânea, muitas jovens acalentam o desejo de vencer na esfera profissional. De repente, percebem que se tornaram escravas de seus desejos. Por mais que tentem, não conseguem se desvencilhar dos inúmeros compromissos que a carreira demanda. Família, amigos, aspirações culturais, vida afetiva, tudo fica para trás.

Laura, a protagonista dessa história tão real, passa justamente por essa experiência. Ela conheceu tempos prósperos, quando preocupações financeiras pareciam possibilidades muito distantes. No entanto, uma repentina virada nas finanças familiares     atropelou seus sonhos.

Impotente diante da frustração de seu pai, jurou para si mesma tornar-se uma próspera executiva. Assim, resgataria a dignidade de sua família. Obcecada por esse sonho, não percebeu que se afastava cada vez mais de seus pais e da amada avó. A ideia fixa a impedia de compreender que seus entes queridos desejavam, acima de tudo, sua companhia, seu carinho.

Para piorar, um trauma do passado envenenava o coração de Laura e a impedia de se abrir para novas possibilidades afetivas. Fechada em si mesma, como uma concha que oculta uma pérola preciosa, ela não se permitia amar. Ao conhecer Heitor, suas emoções se rebelaram e tentaram se libertar de suas amarras. Porém, ela permanecia presa aos traumas provocados por Felipe e às responsabilidades profissionais crescentes.

Numa noite de Natal, porém, um trágico acontecimento abala as convicções de Laura. Então, ela refaz seus passos e mergulha em seu universo interior, refletindo sobre sua jornada e tentando entender como sua vida chegou àquele ponto.

Haverá uma saída, um caminho alternativo? Como equilibrar suas aspirações profissionais e as demais áreas de sua vida? Como fazer as pazes com seu passado e seguir adiante?

Impossível os leitores não se identificarem com uma trama tão atual, cada vez mais frequente. Principalmente as jovens que, a cada ano, saem das universidades ou de cidades do interior, repletas de sonhos em suas bagagens. E, quando, enfim, parecem realizá-los, dão-se conta do vazio que ocupa seu universo emocional.

Muito bem articulada, a história nos ajuda a meditar sobre nossas escolhas, sobre a habitual incapacidade de gerir as várias esferas da nossa existência. Embora privilegie o universo corporativo, a autora capricha na vertente romântica e envereda igualmente pelo campo do autodesenvolvimento. Assim, ela leva a leitora a olhar para seu íntimo e a buscar, no momento presente, as necessárias transformações, não só interiores, mas também do mundo que a cerca.

Ana Santana – Autora de:” Terras dos Encantados a Jornada do Círculo” e “A Herdeira das Estrelas”.

 

Ao iniciar o curso de Administração, Laura traz em seu coração as sombras do passado. Um romance mal resolvido, uma história familiar a assombrá-la. Preocupada com o rumo financeiro de sua vida e apaixonada pelos livros, dedica-se com afinco ao primeiro emprego.

É então que ela conhece Heitor, o jovem sedutor, de sorriso cativante. Porém, após a formatura, ela mergulha em um dilema. Apesar de amar seu trabalho na Biblioteca e de se apaixonar por Heitor, sabe que precisa definir profissionalmente seu futuro.

Quando menos esperava, Laura recebe uma proposta irrecusável, integrar a equipe de consultores da Satori, uma das melhores empresas do mercado. Sem perceber, ela mergulha cada vez mais fundo na vida profissional.

Enquanto isso, a família, Heitor, Carol, sua melhor amiga, vão ficando para trás. Além de obcecada pelo trabalho, Laura ainda tem que lidar com os fantasmas de seu passado.

Quando, porém, numa noite de Natal, uma perda irreparável arrasa sua vida meticulosamente estruturada, Laura começa a questionar suas escolhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *